Uma semana depois, Pabllo Vittar se desculpa por quebra de contrato

981
views

A novela envolvendo Pabllo Vittar e o figurino de Batidão Tropical parece ter chegado ao fim. Uma semana depois do início da confusão, a cantora usou o Instagram para emitir um comunicado se desculpando com a designer de moda Jheni.

“Demoramos para nos pronunciar, pois antes de qualquer nota precisávamos conversar diretamente com Jheni, nos entendermos, identificarmos as falhas e as resolvermos”, diz parte da nota divulgada nos stories da drag.

Quem passou a acompanhar Jheni no Instagram, que saltou de 3 mil para quase 20 mil seguidores, já estava ciente da conversa entre as empresas. Na última segunda (28), ela contou que teve uma reunião com a equipe para definir a retração.

A designer de moda também divulgou um comunicado oficial. “Após a tratativa diretamente com a equipe Pabllo Vittar, as questões relativas à falta de crédito do meu trabalho foram conversadas e resolvidas”, escreveu. O estilista João Ribeiro permanece sem atualizar as redes desde o início da confusão. Abaixo você confere a imagem completa dos dois comunicados:

Pabllo diminuí presença nas redes

A semana pareceu muito mais longa para Pabllo Vittar e os Vittalovers. O longo silêncio da cantora sobre o assunto se somou a uma drástica diminuição no ritmo frenetico nas redes sociais. Os stories que antes acompanhavam toda a rotina dela se resumiu a uma tímida divulgação do último single e posts pagos.

No twitter não há nenhuma atualização e mesmo a assessoria de imprensa de Pabllo desapareceu. Desde a publicação da matéria sobre o acontecido, o Dentro do Meio enviou 3 três e-mails, fez 4 ligações e falou com duas pessoas diferentes pelo whatsapp, mas nenhuma delas foi capaz de dar um posicionamento sobre o tema antes de o comunicado ser divulgado no Instagram.

Vale lembrar que, além do sumiço, Pabllo também teria bloqueado fãs que questionaram sobre a suposta quebra de contrato e parece que não haverá um declaração sobre o ocorrido.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR