Israel acaba com restrição que impedia gays de doarem sangue

61
views

Israel vai entrar para a lista de países que passaram a tratar a população com igualdade quando o assunto for doação de sangue. A restrição que impedia homens gays de doar vai deixar de valer a partir de outubro numa decisão que veio direto do governo, sem a necessidade do judiciário interferir como aconteceu no Brasil, e foi anunciada pelo Ministro da saúde na última quinta (19)

Embora celebrada, a mudança não chega a ser uma surpresa, já que ainda em 2018, antes da pandemia, homens gays e bissexuais foram autorizados a doar desde que o procedimento usasse apenas o plasma. A flexibilização da regra que proibia qualquer doação de homens que tenham feito sexo com outros homens num período de 12 meses já dava indícios de que logo a regra seria extinta.

“Não há diferença no sangue. A proibição foi deixada a partir de um estereótipo histórico e muito antigo. Demos outro passo histórico em direção à igualdade para a comunidade LGBT em Israel, e isso é algo para se orgulhar.”, pontuou Nitzan Horowitz, o Ministro da Saúde do país.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR