CONAR já tentou censurar Pabllo Vittar antes

34
views

Você possivelmente está por dentro da pequena novela que envolve o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR), Pabllo Vittar e o clipe de Parabéns.

+ Rico Dalasam e Pabllo Vittar desmentem briga por Todo Dia

No começo desta semana, pouco antes de atingir a marca de 50 milhões de visualizações no YouTube, o vídeo de Pabllo passou a ser proibido para menores de 18 anos.

A justificativa para a classificação indicativa seria um trecho de menos de 3 segundos no qual a cantora aparece se servindo um copo de Vodka.

Uma matéria publicada pelo G1 nesta quinta-feira (23), mostra que mesmo sem receber nenhuma denúncia decidiu por conta própria analisar e reclassificar a indicação de idade, reforçando a teoria de que existe uma censura seletiva.

CONAR mirou em Seu Crime

No ano passado, também usando bebidas alcoólicas com justificativa, a CONAR tentou restringir o alcance do clipe de Seu Crime.

A polêmica da vez foi a idade de Pabllo, já que de acordo com as normas do Conselho, somente maiores de 25 anos podem aparecer com bebidas em vídeos de música.

Como a cantora conseguiu comprovar que já tinha a idade mínima para gravar interagindo com álcool, o Conselho desistiu de censurar o clipe.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR