“A bissexualidade dentro da sociedade e da comunidade é descredibilizada”, diz Luísa Sonza

113
views

A cantora Luísa Sonza, que admitiu ser bissexual depois de protagonizar um beijão na também cantora Carol Biazin, afirmou que a bissexualidade é tão descredibilizada dentro da sociedade e da própria comunidade que ela chegou a duvidar que de fato se sentia atraída por homens e mulheres. Para ela, o assunto ainda é bastante delicado.

“Ainda é um assunto delicado, por vários motivos. Tenho muito cuidado ao falar disso por não estar na linha de frente, vivendo essa luta diariamente. Estou num relacionamento hétero, mas sou 100% bissexual, tenho certeza absoluta disso, sinto atração por mulher e homem desde criança”, pontuou em entrevista ao O Globo, mas sem deixar claro se além da atração chegou a se relacionar com outras pessoas do mesmo gênero.

Atualmente namorando com Vitão, Luísa já teve um relacionamento com o humorista Whindersson Nunes e disse que decidiu falar da orientação sexual por estar se tornando um assunto recorrente no trabalho. Antes, Sonza dizia que a proximidade e afinidade com a comunidade LGBTI se dava pelo fato de mulheres e outras minorias serem alvos do mesmo machismo. Agora o discurso é dar mais visibilidade a causa.

“A bissexualidade dentro da sociedade e da comunidade é descredibilizada. Eu mesma me questionei muito, de tanto ouvir os outros me questionando. Cheguei a achar que eu era doida, sabe? Mas hoje acho incrível poder dar visibilidade a isso de alguma forma”.

Luísa não quis responder sobre a reação da família ao saber que ela também se atrai por mulheres, mas disse que está se sentindo mais aliviada por já que ao não falar disso estava incomodando. “Vi que estava me privando de tanta coisa que era natural para mim. Mas ainda estou digerindo isso como pessoa pública”.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR