Tanzânia bane lubrificantes para “prevenir” homossexualidade

55
views

O governo da Tanzânia tomou providências controversas para “prevenir” que o país tenha gays. Além de proibir sexo entre pessoas do mesmo sexo com lei, eles baniram lubrificantes de alguns espaços do país.

+ LGBTI são culpados pelo coronavírus, diz pastor

A atitude foi tomada pelo Ministério da Saúde da Tanzânia que também acabou com um centro que fazia testes para prevenção e tratamentos contra o HIV para comunidades mais vulneráveis.

O lubrificante, aliás, é considerado um poderoso aliado na luta contra o HIV, já que sem ele as camisinhas podem secar e rasgar durante o sexo.

O único lugar em que a população têm acesso a lubrificantes são os hospitais públicos, no entanto, homens gays estão com receio de serem presos ao fazerem uma solicitação.

A polícia já passou a invadir reuniões de ativistas LGBTI. Para garantir que os homens são gays ou bissexuais, as autoridades estão submetendo as pessoas a exames que consistem em análises no ânus.

As ações são apoiadas pelo homofóbico presidente John Magufuli que foi eleito em 2016.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR