Supremo de Israel permite que casais homo contratem barriga de aluguel

1
views
Foto: Corinna Kern/Reuters

Tá definido! A Suprema Corte de Israel mandou derrubar na última terça-feira(4) a legislação que proibia casais do mesmo gênero e homens solteiros de contratarem o serviço de barriga de aluguel. A mudança foi recebida como uma grande vitória para comunidade LGBT, que foi citada pelo ministro da saúde do país na comemoração pela atualização da legislação. Anteriormente, apenas casais hétero e mulheres solteiras tinham permissão para pagar por gestação em outro ventre.

Apesar de ter entrado em vigor apenas ontem, a legislação mais inclusiva está no radar da população de Israel desde julho de 2021, quando uma ação de ativistas da comunidade chegou a Suprema Corte do país. Vale lembrar que em janeiro, Rússia e Israel se comprometeram a barrar adoção por parte pessoas LGBTI, embora em agosto tenha rolado um aceno favorável para essa população quando houve a derrubada da proibição de doação de sangue no país.

Outro destaque para os direitos LGBT do país é que o casamento entre pessoas do mesmo gênero não é permito, ao invés disso os casais que desejam a oficialização precisam se casar em outro país para só quando retornarem para Israel tenham o matrimônio reconhecido.

Com informações da Reunters Brasil

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR