PRIDEFALL: Suposto ataque virtual mira LGBTI

2075
views

Nas últimas semanas algumas threads começaram a circular no Twitter com a suposta programação de ataques de nazista e conversadores a LGBTs durante o mês do orgulho. O evento se chamaria PRIDEFALL.

Há poucas evidências de que de fato haja um empenho de fascista no suposto ataque, mas reuni tudo que estão falando sobre o PRIDEFALL para que vocês fiquem por dentro do assunto.

O que é o PRIDEFALL?

Em tradução literal, Pride Fall é o mesmo que “Queda do Orgulho”. Existem duas versões distintas de como conseguiriam essa “queda” dos LGBT.

Na mais branda, que chegou a ganhar espaço na mídia LGBTI internacional, um grupo de extrema direita estaria organizando um ataque as empresas que fazem campanhas no mês do orgulho.

Entre os alvos estariam Starbucks, Amazon, Coca-Cola, entre outros. A orientação seriam postagens sistemáticas e massivas, sem relações diretas com nazismo ou Hitler, para coibir as campanhas de apoio.

Em outros palavras, seria um boicote organizado. Muito semelhante ao que tentaram fazer com O Boticário no Brasil anos atrás.

Mas é a segunda e mais aterrorizante versão que vem ganhando dedicadas e longas threads no Twitter. Nela, os alvos são pessoas LGBTs e os ataques muito mais pessoais.

Ao invés de criar, eles passariam a comentar em postagens com imagens de violência contra pessoas LGBT para intimidar e ameaçar a comunidade.

Além disso, um outro plano fala sobre invadir contas e conseguir dados pessoais e endereços para mais chantagens e ameaças durante todo o mês de junho.

A possível solução contra o PRIDEFALL

Como os supostos ataques aconteceriam somente no primeiro dia do mês de junho, a ideia mais difundida para combater a Pridefall é bloquear todas as suas redes.

Com o perfil limitado somente aos seus amigos, comentários com vídeos e imagens de violência contra LGBTs não aconteceriam.

Muitas pessoas já começaram a trancar os profiles para escapar de um possível ataque em massa de hackers nazistas e de extrema-direita.

No entanto, é inevitável não questionar: um ataque dessa magnitude não teria sido preparado há mais tempo, já tendo os potências atacantes se infiltrados nas nossas contas?

O PRIDEFALL é real?

Não há nenhuma evidência de que o ataque de fato acontecerá. Existem, inclusive, alguns profiles que garantem que todos os anos o mesmo grupo divulga o suposto ataque no Reddit, no 4chan e outros fóruns.

A verdadeira intenção seria, supostamente, fazer com que as pessoas tranquem os profiles e, assim, não mostrem o Orgulho durante o mês de junho que seria ideal para isso. Uma espécie de limpeza.

A razão pela qual o boato ganhou força em 2020 é porque as celebrações acontecerão de forma virtual, visto que as Paradas estão sendo adiadas ou canceladas.

Assim como já existem pessoas trancando os profiles, já há também relatos de supostos avisos de perfis que só estariam esperando o dia 1° para atacar.

De toda a teoria, essa é a parte mais fraca. Um ataque ao mês do orgulho concentrado num único dia que poderia ser driblado por privar a conta? Honestamente? Quem planejou isso?

O que fazer se for alvo de ataque?

Caso você escolha não trancar o profile e de fato seja alvo de um ataque virtual, print todas as manifestações de ódio.

Assédio, mesmo que na internet, é crime. Já estamos em 2020 e, ainda que de forma demorada, existem maneiras de identificar e punir ataques virtuais.

Todas as movimentações na internet deixam rastros. Não entre em confronto com o assediador, print as interações e denuncie os crimes virtuais.

Bom mês do Orgulho LGBT para nós. 🌈

Comentários