PrEP de longa duração é aprovada nos EUA

26
views

Os testes sobre uma PrEP injetável e de longa duração foram encerrados antecipadamente devido ao coronavírus. No entanto, os dados colhidos pelos pesquisadores do Conselho de Monitoramento de Dados e Segurança dos EUA foram o suficiente para provar a eficácia da droga que já está aprovada.

+ Azealia Banks se desculpa por críticas sobre PrEP

O estudo, batizado de HPTN 083, acompanhou a rotina de 4.600 pessoas, dentre homens que transam com outros homens e mulheres trans, na Ásia, África, América do Norte e América do Sul. Todos foram submetidos a injeções de PrEP a cada dois meses.

A ideia inicial era que os experimentos durassem até meados de 2021, mas, por conta das mudanças causadas pela pandemia, a pesquisa foi interrompida, seguindo agora para a fase mais burocrática que incluiu a regulamentação do uso de cabotegravir como PrEP injetável.

Ainda não existe um prazo para que esse novo método de prevenção passe a ser usado, mas ele se une aos compridos, que podem ser tomados todos os dias ou antes de depois das relações sexuais, e aos uso de preservativos no combate ao HIV.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR