Pesquisa mostra que homens héteros tem mais nojo de beijo gay do que de carne apodrecida

940
views

Um estudo feito em 120 homens buscava saber como heterossexuais respondiam fisiologicamente a demonstrações de afeto de homens gays.

+ Líder religioso russo diz que fazer a barba transforma homens em homossexuais

Durante o teste eles foram expostos a imagens de casais gay e héteros trocando carinhos, dando as mãos e beijando. Imagens de fitas de papel, larvas e comida podre também apareciam de forma aleatória.

Amostras de saliva foram coletadas durante a exibição e os teste comprovaram que homens héteros, mesmo os com níveis baixos de preconceito, apresentaram mais sinais de estresse e nojo aos beijos de homens gays do que as imagens de larvas e carne podre.

“Claramente, a grande maioria dos indivíduos que testemunharam beijos de pessoas do mesmo sexo não respondem com violência, indicando que qualquer pequena resposta fisiológica que identificamos aqui não evidencia o que chamamos de ‘pânico gay’, argumentou Karen L. Blair ao revelar que o resultado das pesquisas podem apontar medo, stress e raiva, mas não apontam, necessariamente, homofobia dos testados.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR