Para evitar gays, Turquia não quer que crianças desenhem arco-íris

27
views

Mais um absurdo para a conta da Turquia. Depois do presidente do país ter dito que homossexuais são o mal e espalham doenças, foi vez do Ministério da Saúde impedir professores de pedir desenhos de arco-íris para as crianças porque isso, pasme vocês, as fariam “virar” gay.

A orientação veio depois da mudança nas rotinas escolares por conta da pandemia de coronavírus. Com as crianças tristes em casa, alguns professores sugeriram uma atividade em que os pequenos deveriam desenhar um arco-íris e pendurar nas janelas.

+ Mulher quer registrar arco-íris para LGBT não usarem mais

Além das crianças, o principal objetivo da atividade era animar e levar esperança para os profissionais de saúde que estão a frente na batalha contra a Covid-19, mas, para o líder do país de maioria islâmica, Recep Tayyip Erdoğan, o desenho não passava de propaganda gay.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR