Paquistão bane TikTok por conteúdo LGBT “inapropriado”

124
views

Pela quarta vez, o Pakistan Telecommunication Authority (PTA) bloqueou o acesso ao TikTok no Paquistão. O maior argumento para o ban no app é a preocupação com a “vulgaridade” e “conteúdo inapropriado” de postagens, na maior parte da vezes, que tem relação com a comunidade LGBT. Existe um bloqueio semelhante aos aplicativos de relacionamento gay e ao Tinder.

O comunicado avisando sobre a mais recente suspensão do aplicativo e do site no país foi feito por meio do Twitter em 20 de julho. Antes disso, no começo do mesmo mês, um tribunal provinciano já tinha decidido tirar o TikTok de circulação. As outra duas ordens de bloqueio vieram no anos de 2020.

O primeiro foi contornado graças a ação Byte Dance, dona do TikTok, que se comprometeu a moderar o conteúdo e se adequar as restrições do país, mas o Paquistão não se deu por satisfeito com o acordo e após alguns meses emitiu um comunicado dizendo que “o aplicativo não cumpriu integralmente as instruções” e ainda existam “série de reclamações de diferentes segmentos da sociedade contra conteúdo imoral / indecente no aplicativo de compartilhamento de vídeo”.

Vale lembrar que, de acordo com as leis do país, se relacionar sexualmente com alguém do mesmo gênero é crime, por isso, boa parte dos LGBT leva a vida se escondendo.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR