País africano quer descriminalizar homossexualidade

16
views

Pouco menos de tornar-se o 70º país do mundo a punir relações sexuais de pessoas do mesmo sexo, os legisladores de Gabão, na África Central, votaram para que a punição fosse suspensa.

De acordo com o GayTimes, 48 membros do parlamento do país votaram para revisar a lei, 24 se abstiveram e 25 votaram contra. Atualmente, os casais do mesmo sexo que forem surpreendidos juntos pode ser condenados a até 6 meses de prisão além de pagar multa.

Para que a lei seja definitivamente suspensa, ela ainda precisa passar pelo senado de Gabão, mas a decisão de rever a lei homofóbica foi comemorada pela primeira-dama do país no Twitter.

“O Parlamento está restaurando um direito humano fundamental para seus cidadãos: o de amar, livremente, sem ser condenado”, escreveu

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR