No mês de aniversário de Stonewall, Polícia ataca bar LGBT

36
views

Já faz 51 anos desde que a polícia atacou uma bar gay em Nova Iorque, mas parece que a história não foi suficiente para ensinar alguns sobre respeito as minorias. A polícia da Carolina do Norte atacou um bar LGBT na última segunda (1) que estava socorrendo vítimas de repressão que participaram de manifestações a favor do #BlackLivesMatter.

+ PRIDEFALL: Rumor de ataque virtual assusta LGBTs

Um vídeo publicado no twitter mostra o momento em que Time Lemuel, dono do bar LGBT Ruby Deluxe, grita para polícias que avançam armados “Esse é o meu negócio, eu alugo aqui”. Mas os avisos não foram suficientes para impedir que dois disparos acontecessem junto com os gritos de um policial dizendo “o jogo acabou”. Confira:

Eric Curry, porta-voz do escritório do xerife do Condado de Wake, na Carolina do Norte, disse que os policiais estavam respondendo a uma dica anônima de que o grupo estava ajudando manifestantes do Black Lives Matter.

De fato, Lemuel usava um espaço no estacionamento do bar para realizar primeiros socorros e ajudar pessoas que tivesse sido atingidas com spray de pimenta a lavarem os rostos.

No Facebook, o dono do Ruby Deluxe disse que os policiais não pareciam treinamos para lidar com a situação e que teve certeza disso quando avançaram em direção com armas de fogo.

“Eles simplesmente atiraram nos meus companheiros LGBTs sem qualquer tipo de comunicação nas 7 horas anteriores”, desabafou ao escrever que esteve o dia inteiro no bar. Leia postagem na integra em inglês.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR