Medicamento para HIV não é efetivo contra coronavírus

49
views

Os testes de medicamentos para curar e barrar de vez a pandemia de coronavírus não param. Há algumas semanas, divulgamos que alguns remédios usados no enfrentamento contra o HIV estavam sendo usados contra o COVID-19.

Médicos deram lopinavir/ritonavir, medicamento dedicado a suprimir o vírus HIV, para 99 de 199 infectados com o novo coronavírus e não notaram queda na carga viral dos pacientes tratados, mesmo depois de 14 dias de testes.

No dia 16 de março, a Johnson & Johnson, que atua na área farmacêutica e conhecida no Brasil especialmente por linhas de shampoos, já tinha publicado um comunicado dizendo que não havia “nenhuma evidência” sobre a eficácia dos anti-retrovirais no tratamento contra o COVID-19.

“Estamos em parceria com várias organizações para apoiar o desenvolvimento de programas de pesquisa e soluções rápidas para o COVID-19”, dizia parte do comunicado.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR