Líder religioso homofóbico teste positivo para COVID-19

27
views

Provando mais uma vez que o mundo não gira e sim capota, o líder da Igreja Ortodoxa Ucraniana de Kiev, Patriarca Filaret, de 91 anos, testou positivo para COVID-19 depois de afirmar que a doença era um “castigo divino” por causa de casamento entre pessoas do mesmo sexo.

+ LGBTI são culpados pelo coronavírus, diz pastor

Em Março, quando a Europa enfrentava o pico da pandemia, Filaret disse para um canal de televisão que o coranavírus é “o castigo de Deus pelos pecados dos homens e a pecaminosidade da humanidade”, deixando claro que, “antes de tudo, estou falando de casamentos do mesmo sexo”.

A confirmação de que o líder religioso homofóbico estava hospitalizado veio na última sexta-feira (8) através de uma publicação no Facebook dele, que também confirmou uma inflamação no pulmão.

Повідомляємо, що стан здоров'я Патріарха Філарета задовільний. Діагностовано запалення легенів. Просимо піднести до…

Posted by Патріарх Філарет on Saturday, September 5, 2020
Informamos que o status de saúde do Patriarca Filaret é satisfatório. Inflamação pulmonar diagnosticada.
Por favor, traga ao Senhor o seu sincero pedido de saúde e rápida recuperação de Sua Santidade.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR