Homem é assassinado em encontro do Grindr no natal

467
views

Um homem foi assassinado depois se marcar um encontro pelo Grindr na noite de natal. O caso aconteceu em Michigan e o acusado já foi preso.

+ Grindr é usado para golpes

De acordo com um jornal local, o cabeleireiro Kevin Bacon, de 25 anos, disse para uma amiga com quem dividia a casa que iria a um encontro marcado pelo app de relacionamento por volta das 17h da véspera de natal.

Ela chegou a receber uma mensagem do amigo dizendo que dormiria fora. A família de Kevin estranhou quando ele não apareceu para o café da manhã de natal, mas teve que esperar mais um dia para acionar a polícia.

Durante as investigações o carro de Kevin foi encontrado sem as chaves, mas com as roupas, a carteira e o telefone da vítima.

No último sábado (28), a polícia encontrou o corpo mutilado da vítima na casa de Mark Latunski, de 50 anos. Ele foi preso e se o inquérito concluir que ele foi o responsável pelo assassinato, será condenado a prisão perpétua.

Grindr dificultou investigações

Karl Bacon, o pai da vítima, disse em uma coletiva de imprensa que o Grindr dificultou bastante as investigações.

“Eles não nós deram nenhuma informação durante as investigações inciais. Esse foi nosso maior obstáculo durante as investigações. Nós não sabíamos onde ele estava e nem com quem tinha se encontrado”, relatou.

“Se ele tivesse retransmitido essa informação antes, poderíamos não ter evitado, mas teria acelerado se soubessemos quem e onde” concluiu.

Em resposta, o Grindr divulgou um comunicado dizendo que lamentam a “terrível tragédia” e estão “comprometidos a trabalhar com a lei”. Leia o comunicado completo abaixo:

“Nós do Grindr estamos com o coração partido por saber dessa terrível tragédia e prestamos condolências para família e amigos do Sr. Bacon. Embora não compartilhemos informações de contas individuais por questões de privacidade, estamos permanecermos comprometidos em trabalhar com a lei nesta ou em qualquer investigação“.

Artistas também prestam condolências

O ator Kevin Bacon, que não tem nenhum parentesco com a vítima, usou o Instagram para prestar condolências para família do xará.

“Por razões óbvias estou pensando nos amigos e familiares do jovem Kevin Bacon nessa manhã. A vida dele foi tomada muito cedo. Ele amava mexer em cabelos. Aposto que faria um excelente trabalho nessa bagunça na minha cabeça”, escreveu o astro.

O youtuber e dono da própria marca de cosméticos, Jeffree Star, doou o equivalente a R$80.000,00 para ajudar nas despesas do funeral e também fez uma postagem lamentando o assassinato.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR