Facebook promete endurecer regras contra discurso de ódio

76
views

Patinando na interpretação de memes locais e com um algoritmo que censura foto de lésbicas, o Facebook prometeu que vai endurecer as regras contra discursos de ódio que tenham LGBTs, negros e outras minorias como alvo. Ao menos é o que garante um comunicado da rede de Mark Zuckerberg.

“Sabemos que o discurso de ódio direcionado aos grupos sub-representados pode ser o mais danoso, e é por isso que focamos nossas tecnologias na busca do discurso de ódio que usuários e especialistas nos dizem ser os mais sérios”, explica Sally Aldous, porta-voz do Facebook em comunicado enviado para o Dentro Do Meio.

O anúncio vem pouco depois de a rede social divulgar um relatório que mostra a prevalência do discurso de ódio no Facebook. Os dados mostram que entre julho de 2020 e setembro de 2020 em cada 10.000 visualizações de conteúdo no Facebook, 10 a 11 incluíam discurso de ódio.

Os dados ainda mostram que neste mesmo período, cerca de 95% das publicações que continham mensagens de ódio foram identificadas e excluídas pelo algoritmo antes que alguém fizesse uma denúncia. “Investimos bilhões de dólares em pessoas e tecnologia para aplicar essas regras e temos mais de 35.000 pessoas trabalhando em segurança e proteção no Facebook”, diz um trecho do relatório divulgado em novembro.

Abaixo, você lê a integra da nota assinada por Sally Aldous enviada para o Dentro Do Meio.

Sabemos que o discurso de ódio direcionado aos grupos sub-representados pode ser o mais danoso, e é por isso que focamos nossas tecnologias na busca do discurso de ódio que usuários e especialistas nos dizem ser os mais sérios. No último ano, nós também atualizamos nossas políticas para detectar mais discurso de ódio implícito, como conteúdos mostrando Blackface, estereótipos sobre judeus controlando o mundo, e banimos a negação do Holocausto. Graças a investimentos significativos em nossas tecnologias, detectamos de forma proativa 95% do conteúdo que removemos e vamos continuar a melhorar a maneira como aplicamos nossas regras na medida em que o discurso de ódio evolui no decorrer do tempo.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR