Facebook censura foto de lésbicas encostando as testas

19
views

Apesar de o Facebook prometer que ia rever a política de publicidade, os casos de censura LGBT nas redes do grupo continuam. Dessa vez, foi a foto de um casal de lésbica encostando as testas (sim, você leu certo, testas) que foi considerada “imprópria”.

A imagem fazia parte de um vídeo feito para promover o novo álbum do casal Sera Golding-Young e Frankie, intitulado Unsung Lilly. Quando tentou pagar alcançar mais pessoas, Sera foi informada que a publicação não poderia ser impulsionada por ser “adulto ou sexualmente explícito”.

Ao DailyMail, a musicista disse que acreditou que fosse um engano e submeteu o vídeo a novas análises, tendo sempre a mesma resposta. “Quebramos a cabeça para descobrir o que poderia ser tão explícito no nosso conteúdo. Acabamos percebendo que poderia, infelizmente, ser a nossa foto juntas”, explicou Sera.

Uma instituição chamada The American Civil Liberties Union (ACLU) entrou em contato com a rede social que disse classificou a rejeição como “incorreta”. Eles ainda disseram que não foi a foto, mas a dança que pode ter sido considerada “sensível”, mas a justificativa não colou.

Para ter certeza de que se tratava de censura, o casal “refez” o vídeo usando imagens de um casal hétero que, vejam só, foi aceito logo de cara. “Duas mulheres apaixonadas, gentilmente encontrando suas testas é romântico, não sexual. Rejeitando esse tipo de imagem, o Facebook está reforçando a hiperssexualização de mulheres e casais de lésbicas”, finalizou a cantora.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR