“Essas bichas matam fascistas”, diz faixa de guerrilheiros gays na Síria

252
views

Um grupo de guerrilheiros gays cansou de ver membros do Estado Islâmico assassinando outros homossexuais na Síria e decidiu resolver isso “matando fascistas”.

+ Presidente da Chechênia diz que gays são demônios e que eles não existem no país

O grupo chamado de TQILA (ou Tequila) em tradução livre se chama Exército de Insurreição e Libertação Queer. Uma foto com a bandeira LGBT+ e uma faixa dizendo “Essas bichas matam fascistas” tirada em Raqqa, na Síria, foi postada no Twitter.

Mas não são apenas homens gays que estão lutando. Em entrevista ao Gay Star News um porta-voz revelou que o TQILA é formado por “muitos gêneros”.

“Os membros da TQILA assistiram com horror quando as forças fascistas e extremistas de todo o mundo atacaram a comunidade Queer e assassinaram inúmeros membros da nossa comunidade citando que eles são “doentes”, “nojentos” e “não naturais”. A imagem de gays sendo jogados de telhados de prédios era algo que nós não podíamos mais assistir”, diz parte de um comunicado divulgado por eles.

Comentários