Dois astros pornô atacam negros durante o #BlackLivesMatters

1002
views

O crescimento do apoio ao movimento #BlackLivesMatters tem ajudado a expor pessoas que não apenas se opõem as manifestações como também tem pensamentos extremamente racistas e discriminatórios. E o caso dos atores Billy Santoro e Ben Masters.

+ Johnny Rapid “abre inscrições” para transar com ele

Ben Masters

O primeiro a se pronunciar de forma racista e extremamente equivocada foi Ben Masters. Numa série de stories postados no Instagram, Masters deu a entender que todos os negros são homofóbicos e que não mereciam apoio da comunidade gay.

Ele usou duas situações específicas de pessoas que foram homofóbicas pedindo para que ele falasse como homem ou usaram insultos como “viado” para justificar que as pessoas não deveriam se preocupar com as “paradas” do movimento negro.

“Não estou tentando tirar o crédito de nada, mas estou tentando trazer luz para o fato de que eu sei que é horrível não ser tratado com igualdade porque eu também não sou. Então, como vou correr o risco de ser machucado lá fora por dizerem que eu devo usar meu corpo como barreira para proteger pessoas negras nessas paradas quando acho que não devo usá-lo como uma barreira?”, argumentou o ator.

O vídeo foi extremamente mal recebido por conta da falsa simetria de Matters e causou indignação em nomes conhecidos da comunidade LGBT incluíndo Bob The Drag Queen, Tatiana e Diego Sans.

Masters chegou a fazer uma publicação dizendo que foi insensível e se desculpando antes de trancar todas as redes sociais. Mais tarde, Jake Jaxson, um dos responsáveis pela produtora Cocky Boys disse que o ator, que tinha acordo de exclusividade, foi demitido por conta da sequência “inaceitável” de stories.

Billy Santoro

No caso de Billy Santoro a história é bem mais grave e cheia de camadas. Ele escreveu que “atirar primeiro” em negros que estão saqueando durante os protestos seria a solução para o que vem acontecendo nos EUA.

Em outra postagem, dessa vez no twitter, o ator respondeu uma publicação dizendo que são os negros quem estão alimentando ainda mais o ódio contra eles.

Quando esses comentários começaram a ganhar a internet, o ator perdeu suas contas no OnlyFans e no JustForFans. A segunda, inclusive, fez uma publicação no twitter comunicando a exclusão sem citar nomes.

Antes de deletar a contra e chorando, Santoro chegou a publicar um vídeo no Instagram pedindo desculpas. No Twitter, rede que alguns portais noticiaram que havia sido deletada, Billy fez mais duas postagens justificando o posicionamento.

Ele argumentou que escreveu sob “estresse emocional”, já que um amigo foi morto durante os saques que aconteceram na Filadélfia e por isso estava magoado. O ator também recorreu ao batido “quem me conhece sabe” para dizer que não é racista e acrescentou que já se apaixonou por vários negros.

Mais tarde, o marido de Billy usou o twitter para avisar que o ator tinha tentado se matar por conta das mensagens de ódio que estava recebendo. A postagem original não está mais disponível, uma vez que a conta está trancada, mas sempre existem prints, não é mesmo?

A história fica ainda mais grave, já que acusações de estupro e agressão começaram a pipocar na internet depois que os comentários racistas de Santoro começaram a circular pela internet.

Até a publicação dessa matéria, Santoro não havia se pronunciado sobre as acusações e nem sobre a suposta tentativa de suicídio.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR