Anos após ser acusado de transfobia, Diego Sans grava com transexual

183
views
Diego Sans e Lana Summer

Diego Sans, ator brasileiro de filmes adultos que se consolidou fazendo filmes do exterior, usou as redes sociais para compartilhar trechos de uma gravação amadora no qual aparece transando com uma trans. O vídeo vem cerca de 5 anos após o Sans ser acusado de transfobia por usar a palavra “tranny”, algo equivalente a trava, em português, na legenda de uma foto postada no twitter.

+ Diego Sans adere ao protesto contra o #EleNão

As cenas, gravadas para o OnlyFans, foram filmadas com o casal Lana Summers e Dexx. Elas estão disponíveis no perfil dos três atores desde a última quinta (8) e teve duas prévias divulgadas aqui e aqui. Ao que tudo indica, essa é a primeira cena que Sans aparece transando com uma pessoa trans.

Não vão me tirar essa palavra

Em outubro de 2016, o ator Diego Sans gravou um vídeo para rebater as críticas que recebeu por usar a palavra tranny, considerada como uma ofensa, na legenda de uma foto. Em cerca de 6 minutos, ele explicou que estava no Brasil com alguns amigos e a porta do banheiro de um estabelecimento chamou atenção dele.

“Eu vi essa porta superlegal, eu acho que todo mundo deve saber de qual porta estou falando, era uma porta com um menino e uma menina. Pensei ‘Que legal, gostei vou tirar uma foto na frente dela’. Depois fiquei ‘O que vou escrever? Já sei, vou colocar banheiro das travas (tradução literal)'”, conta.

Ele acrescenta que quando acordou se chocou com a quantidade de mensagens pedindo para que ele apagasse a foto e disse que demorou a entender porquê as pessoas não tinha gostado da imagem até que finalmente se deu conta que era por causa do termo usado na legenda.

“Não tenho nada para me desculpar. Se vocês estão tentando tirar a palavra ‘trava’ de mim da mesma forma que tiraram ‘traveco’ de RuPaul, gata, não vai acontecer. Eu não vou… vocês tão de sacanagem? Essa é uma palavra que eu uso constantemente todos os dias. Essa é a maneira que eu começo uma conversa com vários amigos meus. ‘Onde você está, trava?'”, pontuou.

Ao fim do vídeo, Sans diz que a palavra não é ofensiva e pede para que quem não curtiu a legenda da foto o exclua e também o bloqueie. Ele relembra que quando apareceu dançando ao som de Kylie Minogue várias pessoas usaram o termo para descrevê-lo e nem por isso ele se ofendeu. Você pode ver a o vídeo inteiro em inglês clicando aqui.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR