Warner barrou continuação de 300 por causa de relacionamento gay

787
views

O diretor e roteirista Zack Snyder disse a Warner perdeu o interesse na continuação da franquia ao saber que ele escreveu um romance gay para finalizar a franquia 300. Snyder, que escreveu o roteiro dos dois filmes anteriores, revelou que dessa vez abordou o relacionamento entre Alexandre, o grande e Heféstio.

“Durante a pandemia, eu fiz um acordo com a Warner e escrevi o que seria essencialmente o capítulo final de 300. Mas, quando me sentei para escrever, fiz um filme diferente. Estava escrevendo uma coisa sobre Alexandre, o Grande, e acabou virando um filme sobre a relação entre Heféstio e Alexandre. Acabou sendo uma história de amor”, argumentou Snyder em entrevista ao The Playlist.

Ele admitiu que, apesar da Warner ter barrado o que seria conhecido como Sangue e Cinzas, o filme de fato não se encaixava necessariamente como uma continuação, embora o conceito fosse realmente “muito bom”. “Eu adoraria fazer isso, a Warner disse não… você sabe, eles não são grandes fãs meus”, encerrou.

Com muita pele, sangue e algumas cenas de sexo hétero, 300 também ficou famoso entre gays por ter diversos homens lutando em trajes minúsculos. Além de ter se eternizado por conta da iconografia, o filme ganhou algumas paródias no mercado adulto.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR