Projeto reúne artistas em “Dance a Diversidade”

17
views

Os últimos anos teve uma explosão de cantores abertamente LGBTI, especialmente no Brasil. Com cada vez mais músicas falando para essa população em específico, não foi difícil para o Macarenando lançar o Dance a Diversidade. O projeto estreou na última segunda (17) e reúne 21 vídeos com a intenção de dar visibilidade e investir no potencial de criação de novos sentidos para temas que envolvam a comunidade.

“O projeto contém em seu título uma cacofonia, podendo ser lido como ‘Dance Adversidade’ – o que não é à toa. Temos muito a dizer, refletir e dançar a respeito dos desafios e adversidades que se impõe à população LGBTQIA+ e aos artistas em nossa sociedade – somam-se a isso os obstáculos do fazer cultural e artístico provocados pela pandemia do COVID-19″, pontua Gui Malgarizi, um dos diretores do grupo.

“No ano em que a Macarenando completa oito anos de trajetória, contemplamos uma história de lutas e de busca pela sobrevivência pela arte, em um grupo majoritariamente composto por pessoas LGBTQIA+ e mulheres. Isso significa permitir que a voz da diversidade se efetive dentro de poéticas videocoreográficas com alcance e projeção dentro da sociedade do RS, fomentando processos de reflexão e de identificação com o público, em especial com o público LGBTQIA+”, conclui.

O elenco escolhido para participar dos espetáculos de dança também foi pensado para dialogar com a diversidade de corpos. Além de se expressar livremente enquanto dançam, a equipe de dança também precisou incorporar movimentos específicos propostos pelos diretores do Macarenando.

O time formado por Aline Karpinski Dias, Arthur Bonfanti, Chiarah Cohén, Daniela Aquino, Dani Dutra, Dani Boff, Denis Gosch, Diego Mac, Eduardo Richa, Freda Corteze, Giulia Baptista Vieira, Juliana Rutkowski e Nilton Gaffree Jr recebeu orientação de June Machado durante sete semanas de ensaio para as performances que você pode acompanhar através do Facebook e Youtube do grupo.

Para finalizar, no dia 12 de junho haverá uma masterclass gratuita destinada a artistas LGBTQIA+ do Rio Grande do Sul, com a participação da equipe Macarenando e mediação da Professora Drª. Luciane Coccaro (UFRJ). Para se inscrever e ter mais informações basta clicar aqui.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR