Por dinheiro, Marvel e Disney aceitam censurar beijo gay em Eternos

195
views

Ao que parece o papo de diversidade e inclusão nos filmes da Marvel, que pertence ao grupo Disney, tem um limite muito claro: os lucros da empresa. Depois de ter dito que não iria reeditar o filme para países do oriente médio, a gigante do entretenimento aceito censurar algumas cenas do filme Eternos, incluindo o beijo entre personagens do mesmo gênero.

A notícia de que a Marvel teria se recusado a fazer um corte especial dos filmes foi compartilhada pelo The Hollywood Reporter que, em matéria publicada na semana passada, disse não ter recebido comentários oficiais da Disney, mas ter conversado com fontes confiáveis da empresa sobre o assunto. Já nesta segunda, sites que cobrem pautas relacionadas a cinema começaram a anunciar a nova versão censurada.

A presença de Phastos no longa vinha sendo amplamente divulgada pelo estúdio que celebrou dezenas de vezes o primeiro herói abertamente gay no universo estendido. A celebração, no entanto, não foi o suficiente para bancarem a decisão de não retirar as cenas em países como Egito, Líbano, Jordânia e Emirados Árabes.

Vale ressaltar que Angelina Jolie, uma das protagonistas de Eternos, tinha dito estar orgulhosa da Marvel por se recusar a cortar o beijo do filme. Ela também classificou os contrários ao filme como ignorantes. “Eu ainda não entendo como vivemos hoje em um mundo onde ainda há quem não vê a família que Phastos têm com a beleza dessa relação e esse amor… como alguém está irritado com isso, ameaçado por isso, não aprova ou aprecia isso, é ignorante”, disse em entrevista.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR