“Pabllo Vittar é o Mano Brown do século XXI”, defende apresentador

188
views

É cada vez mais inegável que Pabllo Vittar tem conquistado cada vez mais admiradores e arrebentando a bolha LGBT. O mais recente caso a provar isso foi a citação da cantora no programa Papo de Segunda apresentado por Fábio Porchat, Emicida, João Vicente de Castro e Francisco Bosco. Ela foi comparada ao Mano Brown.

+ Depois de Pabllo, Gloria Groove passa RuPaul no Spotify

Quem defendeu a comparação foi Francisco Bosco que, dentre outras coisas, citou a filosofa Judith Butler para sustentar que Pabllo “é maior artista do Brasil, possivelmente do mundo, que foi capaz de traduzir na forma da sua arte a novidade social que é a emergência de um novo tipo de performance de gênero”, pontuou.

A linha de raciocínio de Bosco ainda explora como a artista, tal como Mano Brown no passado, tem o poder de descrever a arte contemporânea a partir do momento em que ele surge. Você pode assistir a fala completa do apresentador no vídeo abaixo:

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR