Lince Negra beija outra mulher em nova HQ

27
views

Ao que tudo indica, a Marvel está disposta a dar aos fãs o que eles pediram por tanto tempo e está caminhando para canonizar a bissexualidade da Lince Negra, a Kitty Pryde (agora chamada de Kate).

+ Marvel confirma personagens LGBTI nos próximos filmes

A edição número 12 de Marauders, escrita por Gerry Duggan, desenhada por Matteo Lolli e publicada na última quarta-feira (9), explora os momentos em que a personagem acaba de ser trazida de volta a vida depois de ser morta por Sebastian Shaw. Na história, Pryde dá o primeiro beijo em uma personagem do mesmo sexo.

Katherine Anne Pryde apareceu pela primeira vez em uma história em janeiro de 1980 e, embora os poderes tenham se desenvolvido, ela é mais conhecida por conseguir deixar o próprio corpo (e o que estiver tocando) intangível ou, grosso modo, atravessar paredes.

Durante os 40 anos de história, a personagem namorou com Colossus e Bobby Drake, o Homem de Gelo (com quem ela foi casada numa realidade alternativa) noivou com Peter Quill, mas alguns fãs sempre indicaram que ela flertava descaradamente com outras mulheres e nunca se declarou heterossexual.

Na versão cinematográfica da Fox, Lince Negra foi interpretada por Ellen Page, que é abertamente lésbica, mas a personagem nunca foi muito explorada. Será que a Marvel vai desenvolver a personagem ou vai camuflar a sexualidade dela como fizeram com Okoye em pantera negra?

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR