Jake Gyllenhaal diz que papéis LGBTI não devem ser limitados a “pequeno grupo”

185
views

O ator Jake Gyllenhaal, que foi indicado ao Oscar em 2006 por interpretar um homem gay no clássico O Segredo de Brokeback Mountain, falou sobre heterossexuais vivendo personagens LGBTI em produções de cinema. Segundo ele, não deveria haver uma limitação nesse tipo de arte.

“Parte da medicina de contar histórias é que éramos dois caras héteros interpretando esses papéis. Havia um estigma sobre fazer um papel como esse. Acho que foi muito importante quebrarmos esse estigma, para nós dois. Acho que isto abriu o caminho para que pessoas com experiências diferentes interpretassem mais papéis, o que não deveria ter uma limitação. Eu acredito nisso”, explicou em entrevista para o The Sunday Times.

Questionado sobre um possível “cancelamento” se a escolha tivesse sido hoje, com muito mais pessoas abertamente LGBTI disponíveis em hollywood, Jake disse que algumas “nuances” deixaram de ser apreciadas nos dias de hoje. “[O assunto] fica inflamado por não podermos debatê-lo cara a cara atualmente e muita coisa fica incompreendido. Mas eu defendo todas as movimentações que aconteceram e acho que estamos num momento importante de transição.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR