Internet se mobiliza para ajudar trans que apareceram no Fantástico

165
views

Uma reportagem especial do Fantástico, comandada pelo Dr. Drauzio Varella, foi ao ar no último domingo (01) e emocionou por mostrar a realidade de mulheres trans nos presídios brasileiros. Uma das histórias mais tocantes foi a de Suzy que não recebe visitas a cerca de 8 anos e teve o marido transferido.

+ Polícia nega ajuda depois de ataque homofóbico

A repercussão da matéria gerou uma onda de solidariedade pela internet e fez com que as pessoas quisessem enviar cartas e presentes para detenta. E para que não haja dúvidas, a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP SP) divulgou o endereço completo dela.

Eles também aproveitaram para esclarecer que não é necessário o envio de itens de higiene pessoal e que Suzy recebe 75% do salário mínimo refente ao trabalho que exerce na penitenciaria.

Onde está Lolla?

Outra história tocante foi a de Lolla, que foi solta durante a reportagem. Infelizmente, o que se viu é que ela tinha mais liberdade fora do presídio do que dentro dele.

Ao conquistar a liberdade, Lolla se viu obrigada a assumir uma postura “discreta”, já que a família não aceita a transexualidade dela. A falta de oportunidade fez com que ela se visse obrigada a se pintar como palhaço para vender água no semáforo.

Também não demorou para que internautas se mobilizassem para tentar encontrar Lola. O perfil @juntoscomlolla foi criado no intuito de encontrar a trans para ajudá-la com uma vaquinha.

Comentários