Filmes LGBT para ver acompanhado

173
views

A arte é essencial para a transformação da sociedade. Através dela, é possível conhecermos como vivem e o que sofreram – e ainda sofrem – as classes que por muito tempo viveram à margem. Hoje, inúmeros filmes, séries, documentários e realities abordam a questão LGBTQIA+, mostrando orientações afetivas e sexuais diversas. Dessa forma, o cinema, por exemplo, contribui, mesmo que timidamente e lentamente, para a diminuição da homofobia/transfobia e para o aumento da representatividade. Se você está se sentindo sozinho, temos a companhia certa para você – garoto de programa RJ.

Não temos dúvida que muitos filmes foram importantes para que o assunto fosse discutido de forma mais séria e responsável. O preconceito, muitas vezes, dá lugar à aceitação, já que os filmes com temática LGBT, em alguns casos, tratam justamente sobre a dificuldade em ser aceito na sociedade. Felizmente, na sétima arte muitas produções contam histórias, sejam com final feliz ou inesperado, que mostram a vida do público LGBT à vera.

Fizemos uma lista com algumas produções que valem a pena assistir: Alguns deles podem ser conferidos nas plataformas de streaming. Separe a pipoca e divirta-se!

1 – Moonlight: Sob a Luz do Luar (2016)

O filme, dirigido por Barry Jenkins, é uma produção norte-americana de 2016. Foi um sucesso de crítica e recebeu indicação para oito oscars. Levou o Oscar de melhor filme em 2017. Sem dúvidas uma obra prima LGBT da atualidade

O filme chama atenção das diferentes realidades e dificuldades vividas pelo jovem Chiron, um rapaz negro e homossexual vivendo na periferia de Miami, que não consegue encontrar sua própria identidade. Suas descobertas são retratadas no filme e são mostradas etapas de sua vida, permeada com violência e criminalidade, até a aceitação de sua sexualidade.

2 – Hoje eu quero voltar sozinho (2014)

O filme é um longa-metragem brasileiro que foi lançado em 2014. Dirigido por Daniel Ribeiro, a história acompanha a vida de Leonardo, um adolescente com deficiência visual que está em busca de autonomia. Gabriel, o novo garoto que entra no colégio, se torna seu amigo e, a partir daí, o protagonista percebe mais coisas sobre sua sexualidade e seus afetos. Um filme sensível, que nos dá muito orgulho.

3 – Tomboy (2012)

Tomboy é um drama francês de 2012, dirigido por Céline Sciamma, que trata da transexualidade na infância. O filme aborda o assunto com delicadeza e inocência, mas não deixando de evidenciar toda a carga psicológica que o tema carrega.

O longa conta a história da menina Laure, de 10 anos, que vive com os pais e sua irmã mais nova Jeanne. Diferentemente das meninas da sua idade, Laure gosta de se vestir com roupas masculinas e tem cabelo curto. Quando se muda para um novo bairro, ela é confundida com um garoto e passa a se apresentar para as outras crianças como Mickael, sem que os seus pais saibam. Um certo dia, resolve passear na rua e acaba conhecendo Lisa, com quem engata uma amizade confusa.

4 – Tangerine (2016)

Tangerine é um filme norte-americano dirigido por Sean Baker e lançado em 2016. Pra quem não sabe, o filme foi produzido usando apenas celulares iphone e tornou-se um sucesso na cena de cinema independente.

O filme, que mistura comédia e drama, exibe a história da transexual Sin-Dee, uma prostituta que, ao sair da penitenciária, fica sabendo que seu namorado está envolvido com uma mulher cisgênero. Aí começa a vingança.

5 – Milk: A Voz da Igualdade (2009)

Baseado em uma história real, o filme se passa no início dos anos 1970 e conta a história do ativista gay Harvey Milk, interpretado por Sean Penn. Ao decidir mudar de vida, Milk vai de Nova York para São Francisco com seu namorado Scott.

Cansado de sofrer preconceito por sua orientação sexual, Milk se vê disposto a enfrentar o preconceito da época e, com a ajuda de amigos e voluntários, começa uma batalha política para ser eleito na Câmara de Supervisores de São Francisco. Ele acaba se tornando o primeiro gay assumido a alcançar um cargo público de tamanha importância nos Estados Unidos.

6 – Carol (2016)

Com direção de Tood Haynes, o filme conta a história do envolvimento amoroso entre duas mulheres, Therese e Carol. As duas se conhecem em uma loja de departamento por acaso. Ambientado nos anos 50, a trama aborda os desafios de ser lésbica em uma sociedade conservadora.

Comentários

COMPARTILHAR