Ex-ator de Superman critica bissexualidade do herói

0
views

Superman entrou para o time de heróis LGBT. Não foi o Clark Kent, conhecido mundialmente como o homem mais poderoso do mundo, mas foi o suficiente para que várias pessoas conservadoras ficassem revoltadas com a bissexualidade do personagem. Uma delas foi o ator Dean Cain, conhecido por interpretar o Super-Homem entre 1993 e 1997 na série Lois & Clark: As Novas Aventuras do Superman.

De acordo com Cain, os autores da nova história estão “indo na onda” para ser lembrada. “Eles disseram que é uma nova direção ousada. Eu digo que eles estão indo na onda. Eu não acho que seja ousado ou corajoso ou alguma nova direção maluca. Se eles tivessem feito isso há 20 anos, talvez fosse ousado ou corajoso”, início.

O ex-intérprete de Clark Kent, que agora dá opiniões conservadoras na Fox News, acrescentou que o herói não precisa ser LGBT para representar a comunidade. “Corajoso seria vê-lo lutar pelos direitos dos gays no Irã, onde eles vão te jogar de um prédio pelo crime de ser gay. Por que não o fazem lutar contra as injustiças que criaram os refugiados cuja deportação ele está protestando? Isso seria corajoso, eu leria isso”, pontuou.

Na quinta edição de Superman Filho de Kal-El, Jon Kent, filho de Clark e Lois, beija o repórter Jay Nakamura. “Eu sempre disse que todos precisam de heróis, todos merecem se ver em seus heróis e estou muito grato que a DC e a Warner Bros compartilham essa ideia. O símbolo do Superman sempre representou esperança, verdade e justiça. Hoje, esse símbolo representa algo mais. Hoje, mais pessoas podem se ver no super-herói mais poderoso dos quadrinhos”, defendeu Tom Taylor, autor da história.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR