Canonicamente bissexual, Loki terá gênero fluído em nova série

204
views

Tá sentindo o cheirinho de queerbaiting? Um vazamento da vindoura série Loki, que estreia na próxima quarta-feira (09) na Disney+, tornou público o que não é nenhuma novidade para quem acompanha a história do anti-herói (ou entendeu o super poder dele nos filmes). Loki terá gênero fluído, ou seja, se identificará como homem e mulher no decorrer da trama.

Por ser um metamorfo, isso não chega a ser uma grande surpresa. Afinal, Loki pode, literalmente, se transformar a qualquer momento e em quem ele quiser. A surpresa é que isso seja abordado numa plataforma que não deixou Love, Victor estreasse no catálogo por tratar de “temas adultos” como orientação sexual.

Vale lembrar que nas HQs o personagem é assumidamente bissexual, o que também é explorado pelo fato dele conseguir ser homem e mulher quando bem entende. No final de 2020 surgiram rumores de que talvez a orientação sexual dele pudesse ganhar algum destaque na série, mas ainda não há confirmações.

Abaixo você confere o teaser que oficializou o gênero fluído, mas fique atento, a “revelação” some num piscar de olhos:

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR