Bob Esponja é Assexual, não Gay. Entenda:

79
views

A Nickelodeon decidiu aproveitar o mês do Orgulho LGBTI para oficializar que Bob Esponja faz parte da comunidade. Apensar de não ser novidade para os fãs da animação, a notícia causou uma certa confusão, já que alguns portais noticiaram que o personagem é gay.

+ She-Ra dá mais um passo na celebração LGBT

As primeiras alegações de que o Calça Quadrada seria gay surgiram ainda em 2002, quando a mídia norte-americana fez algumas reportagens comprovando que tanto o personagens como os produtos que eram vendidos com o nome dele, eram populares entre os gays.

Não demorou para que o rumor ganhasse força o suficiente para revoltar religiosos. Em 2004, com o lançamento do primeiro filme de Bob Esponja, Stephen Hillenburg, criador do personagem e morto desde 2018, decidiu esclarecer de uma vez por todas os rumores sobre a sexualidade do dono de Gary.

“Nunca tivemos a intenção de que Bob Esponja e Patrick fossem gays. Eu os vejo como quase assexuais. Isso (usar Bob como “propaganda gay”) não tem nada a ver com o que tentamos fazer”, disse em entrevista a Reuters.

Essa é a primeira vez que a Nickelodeon faz qualquer menção, mesmo que de maneira bem turva, sobre a sexualidade de Bob Esponja, mesmo que o personagem seja apresentado no canal desde 1996.

O que é uma pessoa Assexual?

A Assexualidade foi discutida de maneira bem rápida no início do ano com a divulgação dos participantes da edição 2020 do reality Big Brother Brasil. Entre os participantes havia um homem assexual.

Pessoas assexuais, geralmente, sentem pouco ou nenhum interesse sexual. Isso não quer dizer, no entanto, que nunca fazem sexo. Algumas pessoas assexuais podem ter um período na vida com mais atividade sexual, mesmo que depois passe longas temporadas sem transar.

Ver essa foto no Instagram

O A da nossa sigla vem de Assexuais. Ao contrário do que muitos acreditam, pessoas assexuais não são pessoas que nunca tiveram uma experiência sexual ou que nunca vão ter na vida. O espectro assexual tem muitas nuances, passando por pessoas que de fato não tem o menor interesse por sexo até as que só transam se estiverem apaixonadas – os demissexuais. Há também as pessoas são assexuais, mas são mais sexualmente ativas durante alguns períodos da vida, mesmo que permaneçam longos perídos sem sexo depois. De modo geral, um assexual tem pouco ou nenhum interesse/impulso sexual durante a vida. Assexuais podem ser homossexuais, bissexuais ou transexuais, já que orientação sexual e identidade de gênero não influenciam na nível do impulso ou interesse sexual das pessoas. O exemplo mais recente que tivemos foi o participante Vitor Hugo do BBB.

Uma publicação compartilhada por Dentro do Meio (@_dentrodomeio) em

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR