Policial que bateu e chamou jovem de “viadão” é indiciado

642
views

O policial militar que no início de agosto foi afastado das atividades por agredir verbal e fisicamente um estudante de medicina foi, finalmente, indiciado pela Polícia Civil. Identificado como Alessandro Oliveira Lopes, ele responderá por injúri, ameaça, lesão corporal e homofobia. As informações são do G1.

Nas imagens compartilhadas pela vítima dias depois do ocorrido, é possível ver Lopes avançando em direção a Lucas Leite, o chamando de viadão, sacando uma arma e em seguida dando um tapa no rosto do jovem. Um homem que acompanhava o policial tenta contê-lo, mas não é suficiente para que as agressões parem.

De acordo com as investigações do Grupo Especializado no Atendimento às Vítimas de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância da Polícia Civil (Geacri), há o agravante de Leite ter sido impedido de comprar no estabelecimento por conta da homofobia de Lopes, o que fere um regimento da região. O policial, no entanto, poderá responder ao processo em liberdade. Não há informações se ele continua afastado do cargo ou sofreu alguma sanção diciplinar.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR