PM filmado agredindo apontando uma arma para jovem gay é afastado

930
views

O Policial Militar de Goiás que foi filmado agredindo e apontando uma arma para um jovem gay foi afastado das funções de acordo com a instituição. Vídeos de ângulos diferentes da agressões viralizaram nas redes sociais após Lucas Leite, que aparece sendo agredido, postá-las, mas o PM não teve a identidade divulgada.

De acordo com Leite, a confusão teria começado depois dele passar pelo policial e notar que estava sendo ridicularizado por ser gay. Depois disso, o jovem começou a ser chamado de viadão e foi questionado da razão pela qual estava encarando o agressor, quando pegou o celular para filmar, Lucas levou um tapa no rosto e teve uma arma apontada para o rosto. Veja:

Apesar de não aparecer nas imagens, Lucas contou em outras postagens no twitter que chegou a cair no chão e continuou sendo agredido com chutes e socos. “Eu achei que ia morrer. Pedi a Deus que me desse força naquele momento. Ainda não sei como saí vivo daquela situação”, completou em entrevista ao G1. Ele disse que o agressor ameaçou matá-lo se ele fizesse uma denúncia e essa foi a razão que o motivou a procurar a grande mídia.

Além de anunciar o afastamento, a Polícia Militar disse em comunicado que “não compactua com qualquer desvio de conduta praticado por seus membros e que o caso será apurado com o rigor devido.”. Já nesta sexta-feira, Leite usou os stories para mostrar que estava acompanhado de advogados para dar andamento ao caso.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR