Metade dos LGBTs agredidos no Brasil são negros, diz pesquisa

25
views

Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (15), evidenciou que negros representam 50% dos alvos de violência contra LGBTs.

+ Produtora pornô nacional usa mote antirrascimo para divulgar cena

O estudo, inédito no Brasil, compilou e analisou registros feitos entre 2015 e 2017. Ao todo, 25.564 notificações de violência contra LGBTs foram registradas. Grosso modo, isso quer dizer que, em média, a cada 1h há um registro de agressão.

De acordo com o G1, as notificações analisadas vieram do SUS, através de registros feitos no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), o que engloba casos que podem não ter sido denunciados.

Além de evidenciar que negros representa metade dos agredidos, os dados, sem surpreender ninguém, mostram que trans são os maiores alvos, 46% do total.

Mulheres lésbicas aparecem em seguida representando 32% e homens gays são 25%.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR