MBL quer discretos e afeminados em grupo de WhatsApp

54
views

O Movimento Brasil Livre criou um grupo de WhatsApp que pretende reunir sigilosos, discretos, afeminados e queers.

+ Políticos gays contra LGBTI

A ideia, que parece não fazer o menor sentindo, foi divulgada através do Instagram de Fernando Holiday que tem cerca de 263 mil seguidores.

Eleito como vereador, Holiday é conhecido pelas opiniões conservadoras e contrárias a comunidade LGBTI.

Ele já chegou a declarar que, apesar de gay, não exerceria mais a homossexualidade por respeito a bíblia ensina e aos preceitos cristãos.

Apesar do convite inicial, a ideia parece ter sido suspensa, já que o link para entrar no grupo não está mais funcionando.

No Instagram do grupo, que foi criado em dezembro de 2019 e conta com cerca de 160 seguidores, foi explicado de que ataque homofóbicos motivaram a revogação do link.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR