Mato Grosso tem aumento de 108% em LGBTfobia

12
views

A pandemia não barrou o aumento de crimes de ódio contra pessoas LGBT. Comparado ao ano de 2019, houve um aumento de 108% de acordo com o Grupo Estadual de Combate aos Crimes de Homofobia (GECCH) divulgado nesta sexta-feira (4).

+ Metade dos LGBTs agredidos no Brasil são negros, diz pesquisa

“A violência contra o público LGBT sempre existiu, no entanto, ela foi muito tempo silenciada. Somente no ano passado tivemos uma mudança significativa no aspecto jurídico deste tipo de crime com a punição prevista na Lei de Racismo. Isso contribuiu muito com o aumento de denúncias, já que as pessoas se sentem mais encorajadas e respaldadas pela lei”, disse o tenente-coronel PM Ricardo Bueno, secretário do GECC.

Para ele, o aumento de registros não significa necessariamente mais crimes contra pessoas LGBT, mas sim maior instrução entre a comunidade que passou a ser mais educada e informada sobre o que fazer no caso de se tornar vítima de LGBTfobia.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR