Luana Muniz morre aos 59 anos

944
views

Luana Muniz, a rainha da Lapa, morreu aos 59 em decorrência de uma pneumonia bilateral no último sábado (6). A travesti, que era presidente da Associação dos Profissionais do Sexo do Gênero Travesti, Transexuais e Transformistas do Rio de Janeiro e também ajudou a fundar o projeto Damas da Prefeitura, que capacita travestis e transexuais para o mercado de trabalho.

Luana acolhia portadores de HIV, travestis, transexuais, prostitutas e pessoas em situação de rua em um casarão na Rua Mem de Sá, na Lapa, Rio de Janeiro. Ela conheceu diversos países, participou de um filme com a atriz Dira Paes e chegou a conhecer Mick Jagger, vocalista do Rolling Stones.

Apesar de dedicada a caridade e projetos de inclusão social, a travesti só ficou conhecida nacionalmente pela participação no programa profissão repórter, onde impulsionou o bordão “tá pensando que travesti é bagunça?”, e por ser citada pelo Padre Fábio de Melo durante um sermão em que ele contava como conheceu Luana. Mais tarde o sacerdote repetiu a história no Programa da Eliana.

Comentários