Jovem trans é atacado com facão por padrasto

56
views

Um homem trans usou as redes sociais para denunciar a violência que sofreu do padrasto dentro da própria casa. Luan foi atacado com um facão e teve o rosto e a mão golpeados, perdendo o movimento de dois dedos. O crime aconteceu em Sergipe e padrasto dele foi preso em flagrante.

Em postagem no instagram, Luan contou que o caso aconteceu no último dia 3, depois de constantes brigas e ameaças. Ele também escreveu que o esposo da mãe dele sempre o espiava no banho e que já tinha saído de casa algumas vezes para evitar as as brigas, já que “o fato de ser homem trans sempre pesou muito dentro de casa”.

Ao todo, Luan tomou 16 pontos no rosto e 12 na mão. Também no instagram, ele compartilhou uma entrevista que deu ao Jornal Do Estado da TV Atalaia detalhando o caso. No dia da agressão, a mãe e irmã de Luan teriam tentado ligar para a polícia e impedir o padrasto de atingi-lo com o facão, mas num momento de distração da mãe, Luan foi golpeado.

Para arcar com os custos médicos, Luan fez uma vaquinha pedindo ajuda. Nas redes, ele recebeu apoio de Aretuza Lovi, Tarso Brant e Luca Scarpelli. Abaixo você confere as duas postagens mencionadas na matéria:

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR