Homem gay tem suástica desenhada na testa depois de ser dopado em MG

1288
views

A Polícia Militar de Minas Gerais está investigando um possível ataque de nazistas. Um homem de 48 anos que não teve a identidade revelada diz ter sido atacado duas vezes por um grupo de quatro rapazes de olhos claros. No segundo ataque ele teria sido dopado com uma seringa no pescoço, além disso há relatos de cortes da lombar até as nádegas e o desenho de uma suástica na testa da vítima.

Segundo informações divulgadas para imprensa, o primeiro ataque teria acontecido na quinta passada (8) numa praça no centro de Itaguara, na região metropolitana de Belo Horizonte. O grupo teria abordado a vítima e o chamado de porco gay. Com medo, o homem se escondeu próximo a uma viatura da PM, mas não registrou queixa.

Já o outro ataque aconteceu na última terça-feira (13), na lan house que fica no mesmo terreno da casa da a vítima. Ele conta que estava fechando o estabelecimento quando foi abordado pelo mesmo grupo que havia o ofendido dias antes e dopado com uma substância aplicada no pescoço. Quando acordou se deu conta dos cortes nas costas, o desenho da suástica na testa e uma mensagem no peito que dizia “na próxima você morre”.

Em nota enviada ao G1 e ao UOL, a polícia diz que não há testemunhas que possam colaborar com as investigações, mas que instaurou um inquérito e que o caso “tramita na 9ª Delegacia de Polícia Civil em Itaguara, onde os trabalhos investigativos estão em andamento para apurar as circunstâncias, o motivo e a autoria do crime”. Questionadas se as evidências apontam para homofobia, já que o caso foi registrado como lesão corporal, as autoridades disseram que não descartam a possibilidade, mas que não podem entrar em detalhes para não atrapalhar as investigações.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR