“Faço tudo que viado faz, só não dou”, diz Eduardo Costa

1832
views

O cantor sertanejo bolsonarista Eduardo Costa declarou durante uma entrevista que é “meio-gay” e disse que faz tudo que um viado faz, exceto dar. Dando continuidade a uma série de declarações preconceituosas e o homofóbicas, ele afirmou que não se incomoda com as especulações sobre a sexualidade, mas fez questão de reafirmar que é heterossexual.

“Você consegue imaginar o Eduardo Costa gay?”, iniciou o cantor falando de si próprio na terceira pessoa. “Porque assim, se eu fosse, eu seria muito assumido. Gosto muito de mulher, se fosse gay ia gostar muito de homem. Eu ia ser uma gayzona mesmo”.

Provando ter um pensamento extremamente limitado e machista, ele atribuiu organização a mulheres e gays. “Sou um cara muito organizado e muito ajeitado. Eu sou semi-gay: faço tudo que o viado faz, só não dou o cu. Você quer gente mais organizada que o viado? O viado, o gay, os homossexuais, eles estão entre os homens e as mulheres. Eles caminham entre os dois com muita facilidade”, finalizou.

Eduardo parece ignorar que estivem diversos tipos de homens gays e que alguns deles também não são passivos, o que não os torna menos gays. Mas o que esperar de alguém que, em outra entrevista, dessa vez ao Léo Dias, disse que não se importaria que o filho fosse gay desde que não fosse afeminado?

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR