Casa Nem finalmente ganha sede própria

30
views

Final feliz para a conturbada novela da Casa Nem: o abrigo para pessoas em situação de vulnerabilidade finalmente ganhou uma sede própria e não depende mais da ocupação de espaços em situações precárias e não correm mais risco de serem despejados.

A boa notícia veio através das redes sociais. No twitter, uma imagem compartilhada por Indianarae Siqueira diz “finalmente conquistamos um lugar para acolher LGBTs na cidade do Rio de Janeiro”. Confira:

A princípio, quando o prédio ocupado pela Casa Nem em Copacabana foi alvo de reintegração de posse, anunciaram que a nova sede seria em Laranjeiras, mas o novo endereço da casa de acolhimento fica próximo a praia no bairro do Flamengo.

Histórico da Casa Nem

Criada em 2016, a Casa Nem sempre sobreviveu de doações e ações voluntárias. Sem sede própria, ocupavam espaços abandonados para acolher pessoas em situação de vulnerabilidade, por vezes, morando em lugares não tão seguros, mas melhores do que a rua.

Em 2018 foram despejados pela primeira vez de um espaço na Lapa. No ano seguinte, com relatos de repressão policial, foram alvo de uma reintegração de posse.

Já neste ano, mesmo com uma pandemia mundial, a justiça autorizou uma nova reintegração de posse de um prédio em Copacabana, transferindo os moradores para uma escola. No entanto, mesmo com autorização do Estado para ocupar o colégio, policiais receberam denuncias de invasão, levando Indianarae para delegacia para prestar esclarecimentos.

Agora, finalmente, a Casa Nem ganha uma sede própria, sem o risco de um novo despejo. No Instagram, um vídeo de retrospectiva mostra momentos de luta da ONG. Assista:

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR