Bolsonaro chama jornalista de “homossexual terrível”

117
views

Apesar de ainda não ter dito uma palavra sequer sobre o caso da apoiadora Karol Eller, Jair Bolsonaro encontrou tempo para se envolver em mais uma polêmica homofóbica ao chamar um jornalista de “homossexual terrível”.

Tentando desviar a atenção de perguntas relacionadas a embaixada em Israel e sobre o envolvimento do filho em casos de corrupção, o presidente ironizou a criminalização da homofobia e tentou ofender um jornalista.

“Você pretende se casar comigo? Responde. Você não gosta de louro de olhos azuis?”, questionou Jair ao ser perguntado sobre a transferência da embaixada de Tel Aviv para Jerusalém.

Diante da negativa do repórter, o presidente respondeu que ele era homofóbico. “Não seja preconceituoso. Vou te processar por homofobia. Você é homofóbico”.

Já quando falaram sobre Flávio Bolsonaro, que é acusado de lavagem de dinheiro, Jair tentou ofender o jornalista dizendo que ele poderia ser gay.

“Você tem uma cara de homossexual terrível e nem por isso eu te acuso de ser homossexual”.

Mostrando que é possível ser ainda mais descontrolado, Bolsonaro deu mais uma resposta desnecessária quando questionado sobre o cheque de R$24 mil recebido pela primeira-dama Michelle Bolsonaro.

“Pergunta pra tua mãe, o comprovante que eu mandei pro teu pai”, respondeu.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR