Bispo tem vídeo íntimo com outro homem divulgado e renuncia

1998
views

O bispo Dom Tomé Ferreira da Silva se viu obrigado a renunciar ao governo pastoral da Diocese de São José do Rio Preto depois que imagens dele se masturbando com outro cara numa vídeochamada foram vazadas. Ele estava na liderança desde 2012 e já enfrentava outros escândalos sexuais.

Em 2018, ele foi acusado de trocar mensagens com homens mais jovens, além de terem surgido boatos de que ele usava parte do dinheiro da diocese com um amante. O caso chegou a repercutir na mídia da cidade, mas foi engavetado por Dom Odilo Scherer, Arcebispo de São Paulo

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil emitiu uma nota assinada pelo bispo auxiliar de São Sebastião do Rio de Janeiro e Secretário Geral da CNBB, D. Joel Portella Amado, dizendo que o Papa Francisco aceitava a renúncia de Dom Tomé, mas preferiu não comentar os motivos que levaram o religioso a essa decisão

A Veja, que divulgou a notícia, disse que não conseguiu contato com Dom Tomé para comentar a renúncia.

Comentários

Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR