Zâmbia sentencia casal gay a 15 anos de prisão

18
views

O casal gay Stephen Sambo e Japhet Chataba, de 30 e 38 anos respectivamente, foi acusado no ano passado de “fazer sexo contra a ordem da natureza” e condenados há 15 anos de prisão neste ano. Os procuradores do caso teriam apresentado vídeos, fotografias e o depoimento de uma funcionária do hotel em que os dois se encontravam. Ela afirma que viu os dois transando por uma janela. Edgar Lungu, presidente do país, comentou a sentença ao Sky News dizendo que não liga que outros países condene Zâmbia pela sentença. “Estamos dizendo não para homossexualidade. Por que deveríamos dizer que seríamos civilizados se aceitássemos… você está dizendo que não somos muito primitivos por franzir a testa para isso?”, indagou. “Nem mesmo animais fazem isso, então por que deveríamos ser forçados a fazer só para parecer espertos, civilizados, avançados e assim por diante?” O julgamento usou como base uma lei de 1964, quando Zâmbia ainda era uma colônia britânica conhecida como Rhodesia. A pena poderia ter sido mais grave, já que a lei prevê prisão perpétua.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR