Colégio do Pará usa questões homofóbicas no ensino

1769
views

O maquiador profissional Herisson Lopes usou as redes sociais para denunciar o método de ensino do Colégio Adventista que tem homofobia como base.

+ Sesc se desculpa com aluna trans depois de repercussão no Facebook

Na série de stories no Instagram, que mais tarde também foi compartilhada pelo Facebook, o profissional mostra questões da prova de Língua Portuguesa de 9° ano da irmã.

Entre as questões estão “Homossexualismo tem perdão?”, “Como evitar o Homossexualismo?” e “A pessoa se torna ou nasce homossexual?”.

Cura gay e causas do “homossexualismo”

Para responder as questões os alunos deveriam ler o livro, disponível em versão impressa ou ebook, De Bem Com Você de Sueli Nunes Ferreira e Marcos de Benedicto.

De acordo com as especificações do livro na Amazon, Sueli é jornalista e pedagoga, enquanto Marcos é jornalista e Doutor em teologia.

Os autores, como não poderia deixar de ser, são religiosos. A proposta deles é mostrar que “como é bom viver com Deus” e com o “sexo oposto”.

O capítulo dedicado ao “homossexualismo” aborda “cura gay”, dizendo que é possível deixar de se sentir atraído pelo mesmo sexo, e aponta “causas do homossexulismo”.

Os autores trazem a teoria de que um lar com muitas mulheres ou em que existe a ausência de figura paterna pode transformar um homem em gay, já que ele seria “sutilmente ‘apassivado’ pela mãe”.

É isso mesmo?

O Dentro do Meio entrou em contato com o Colégio Adventista. A coordenadora, que se identificou apenas como Professora Heide, disse que o setor de Comunicação da Missão Pará-Amapá que fará um pronunciamento mais tarde.

Ela desligou o telefone quando foi questionada se tinha conhecimento do livro pedido para os alunos.

Os valores da instituição são facilmente encontrados numa pesquisa rasa no Google, capaz de localizar programa de aperfeiçoamentos dos professores que usam Deus como base.

Apesar do choque do maquiador que fez a denúncia, muitas pessoas na internet não ficaram surpresas.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR