Homem leva 4 tiros por beijo em ficante

105
views

Fazia um tempo que eu não escrevia sobre essas coisas horríveis que acontecem pelo país, mas nem só de entretenimento vive o mundo LGBTI.

+ PM é proibido de usar farda para propor casamento

No último domingo (20), um homem foi agredido e levou 4 tiros por beijar outro rapaz num bar em Camaçari, região metropolitana de Salvador.

De acordo com o G1, Marcelo Macedo contou a delegada Thais Siqueira que antes de levar os tiros, um dos agressores perguntou se o casal “não tinha vergonha de fazer isso na frente de país de família”.

A vítima, de 33 anos, teve que retirar o baço e está com os rins e o fígado comprometidos, mas não corre risco de morrer.

Imagens de segurança do local foram solicitadas para identificar quem e quantos eram os agressores. Além de tentativa de homicídio, a polícia também trata o caso como crime de homofobia.

Amigos e familiares fazem protesto

Na última terça-feira (22), amigos e familiares fizeram um protesto pela agressão homofóbica sofrida por Marcelo.

Eles caminharam, entre as 17h30 e as 19h, da Avenida Jorge Amado até a delegacia da cidade.

Polícia identificou suspeito

Nesta quarta-feira (23), a delegada Thais Siqueira disse que a Polícia Civil já identificou o suspeito de ter feito o disparo através de filmagens de câmeras de segurança.

“As investigações avançaram bastante. De posse dessas imagens, a gente conseguiu identificar quem participou da ação cruel e, agora, inclusive a qualificação do autor dos disparos” disse Siqueira de acordo com o G1.

As imagens também mostram mais 2 pessoas agredindo a vítima antes dos disparos, mas essas ainda não foram identificadas.

“Eles irão responder pelo crime de homicídio tentado, com as qualificadoras. O crime foi de natureza, justamente pelo fato das condições sexuais das vítimas, onde não teria qualquer outro motivo”.

A delegada relembrou que o Brasil é o país que mais mata pessoas LGBTI no mundo e diz que as imagens deixam claras as motivações homofóbicas do crime.

Comentários