Boldstrap faz estreia nas passarelas

15
views

Rolou na última sexta-feira (5), a 3ª noite de desfiles da 45ª edição da Casa de Criadores e a Boldstrap, da qual já falamos por aqui antes, fez a sua estreia no mundo das passarelas.

Devo admitir que eu estava muito curioso sobre o que a marca ia apresentar, afinal, desde que fiz a primeira matéria sobre a Bold, ficou claro na minha cabeça de que era sobre jockstraps e harness.

Mesmo no site oficial e no Instagram, em que tem vários editoriais e fotos, essas duas peças predominam. Não é como se elas fossem o carro-chefe da boldstrap, elas eram a boldstrap.

+ Drag de RuPaul lança linha de jockstrap

E digo “eram” porque a passarela mostrou que, embora as jocks e os harness continuem por ali, a marca está mais do que pronta para explorar outros territórios.

Diversidade

A diversidade não ficou só nas roupas apresentadas, mas também esteve na passarela através dos modelos.

Na primeira conversa que tivemos com o estilista Pedro Andrade, já tinha ficado clara a intenção de fazer com que todos se sentissem representados nas roupas da marca.

“A BOLD, acima de tudo, celebra a diversidade da nossa comunidade”.

Ao todo, vimos na passarela 21 looks vestidos por homens trans, cis, altos, baixos, magros, atléticos, gordos e de diferentes etnias.

Boldstrap na Casa de Criadores – Foto Casa Estúdio

O futuro da Boldstrap

A apresentação da nova coleção na Casa de Criadores marca uma nova fase e também mostra o rumo que a Boldstrap vai seguir.

Além do site e do box na Endossa da Fradique Coutinho, a marca abriu venda internacional em junho deste ano e agora vai investir em streetwear.

“O desfile veio justamente para marcar essa novo momento da Bold em que ampliaremos o mix de produtos para o streetwear permeado de elementos que remetem ao fetiche para dessa forma manter o nosso DNA”, conta Andrade.

E nem tudo foi mostrado na Casa de Criadores. Serão cerca de 50 novas peças, assinadas pelo Styling Bigo, lançadas em partes nos próximos 3 meses, sendo a primeira ainda em julho.

Boldstrap estreia na Casa de Criadores – Foto: Agência Foto Site

Outros destaques da Casa de Criadores

A Boldstrap dividiu a noite com outras marcas que também apresentaram suas novas coleções. Três me chamaram bastante atenção e vou falar um pouquinho sobre elas.

Assim como a Bold, foi a minha primeira vez num desfile, então, pode ser que o que foi empolgante pra mim, seja mais do mesmo para o só fashionistas e amantes da moda.

ReRoupa

Com peças predominante azuis, brancas e vermelhas, o desfile da ReRoupa trouxe uma discreta performance no início.

Três modelos se sentaram no início da passarela e pareciam bordar novas peças enquanto outros modelos desfilavam. Ao final, eles também se levantam mostram peças da marca.

Diego Fávaro

Se você é fã de Pabllo Vittar, talvez esteja mais familiarizado com as peças de Diego Fávaro, já que a Queen usa algumas peças assinadas por ele.

No curto desfile da última sexta-feira ele apresentou peças no melhor estilo streetwear. Outro destaque foi a parceria com a Melissa que garantiu sapatos com o nome do estilista para todos os modelos.

Rober Dognani

O encerramento da 3ª noite da Casa de Criadores ficou por conta de Rober Dognani. E se a performance da ReRoupa tinha chamado atenção, a de Dognani deixou todo mundo boquiaberto.

O estilista contou com detalhes na passarela a história de Nossa Senhora Aparecida.

Desde o encontro de da imagem da santa por 3 pescadores até as longas travessias que fiéis fazem para chegar a catedral da Santa. Não sou religioso e tenho minha ressalvas sobre a igreja, mas fui tocado por esse desfile.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR