Bolsonaro ataca diversidade novamente

72
views

O presidente Jair Bolsonaro atacou a diversidade duas vezes nesta quinta-feira (25). Nada que nos surpreenda, mas ainda é lamentável.

O primeiro golpe veio através de uma nova fala homofóbica em que ele disse que, por ter famílias, o Brasil não pode ser conhecido por ser o país do “mundo gay”.

+Políticos gays que não apoiam a comunidade

“Quem quiser vir aqui fazer sexo com uma mulher, fique à vontade. Agora, não pode ficar conhecido como paraíso do mundo gay aqui dentro”, argumentou de acordo com O Antagonista.

O segundo ataque veio acompanhado com um gostinho de censura. Bolsonaro vetou a veiculação de uma propaganda do Banco do Brasil direcionada aos jovens.

De acordo com Lauro Jardim, do jornal O Globo, ele ligou pessoalmente para Rubem Novaes, presidente do banco, o que causou a demissão de Delano Valentim, que atuava como Diretor de Comunicação e Marketing, e suspensão da publicidade.

O vídeo era focado em diversidade, mostrava jovens negros e tinha uma linguagem bem específica para o público jovem.

Comentários