Papa prega a favor dos homossexuais

47
views

Conservadores religiosos que usam a Bíblia para condenar LGBTI não devem estar muito felizes. O Papa Francisco deu mais uma declaração a favor dos homossexuais as vésperas da Páscoa.

+“Homossexualidade é um dom de Deus”, defende bispo brasileiro

O pontífice disse em entrevista ao comediante britânico Stephen K. Amos, que é abertamente gay, que pessoas que rejeitam homossexuais não tem o coração humano.

A declaração aconteceu durante a gravação de um programa para a BBC News que ainda não foi ao ar, mas teve trechos divulgados justamente por conta da Páscoa.

Quando Amos, que está numa jornada para descobrir a sua fé, diz que não se sente aceito na igreja por conta de sua orientação sexual, o Papa diz que ele não deve se preocupar com a sexualidade.

Para a maior autoridade da igreja católica, qualquer pessoa que dá “mais importância ao adjetivo (gay) do que ao substantivo (homem) não é bom”.

“Todos somos seres humanos, temos dignidade. Se uma pessoa tem uma tendência ou outra, isso não lhe tira a dignidade como pessoa. As pessoas que decidem rejeitar o outro por um adjetivo não têm coração humano”, argumentou.

Essa não é a primeira vez que o papa prega a favor dos homossexuais. Embora os dogmas religiosos ainda estejam claros e existam declarações discriminatórias, este tem se mostrado o papa mais LGBT friendly da história.

Em 2013, pouco depois de uma visita ao Brasil, ele defendeu que se um gay procura por Deus, ele não era ninguém para julgar.

Já em 2018, o papa voltou a pregar a favor dos homossexuais ao dizer para um homem gay que Deus o amava e o havia feito daquele jeito e por isso ele deveria se amar.

Comentários

Renan Oliveira
Renan é um jornalista de humor ácido (é bem ruim pela manhã) que acredita que informação é uma das armas mais poderosas contra a LGBTfobia.
COMPARTILHAR